RONALDO E A INVEJA

Ninguém, em seu perfeito juízo, tem coragem para dizer mal de Cristiano Ronaldo: ele foi considerado o melhor jogador do mundo, e a sua transferência para Espanha custou aquilo que se convencionou chamar um colhão de guita. Mas a verdade é que quando aparece alguém com incontestável valor, também aparecem os invejosos do costume. E a inveja é uma coisa muito feia. Mas a verdade é que os invejosos não só se estão borrifando para a fealdade da inveja, como também a usam, refiro-me à inveja, despudoradamente. Uma autêntica conspiração!
Vejamos: Ronaldo foi acometido de gripe. Era natural que, com aquela categoria e com o valor que tem, basta dizer que as pernas estão seguradas em vários milhões de euros, era natural, dizia, que se arranjasse uma gripe decente para o prodígio do futebol. No mínimo, uma gripe com uma letra qualquer, uma gripe que se visse. Não senhor. Numa atitude discriminatória e absolutamente humilhante, e quando toda a gente esperava que o jovem tivesse, no mínimo, uma Gripe A, eis que o menino-prodígio, orgulho de tudo quanto é tuga e crente em Fátima, e não me refiro à de Felgueiras, é acometido de uma reles gripe sazonal, como qualquer operário com o ordenado mínimo. Pior: qualquer operário com um ordenado mínimo é perfeitamente capaz de ter uma gripe com letra, nete caso o A. Nem é preciso ter ordenado mínimo, já vi desempregados e subsídiodependentes com letra na gripe. E para o herói, só comparável aos Descobridores de antanho, nem um miserável W arranjaram? Um Z que fosse. Gripe sazonal? Vergonha! Suprema humilhação! Porque, para o valor que tem este jovem, tudo o que seja abaixo de empiema metapneumónico ou, vá lá, uma gastroenterosimite, é pouco.
Como se não bastasse, a equipa da selecção portuguesa, que tem vindo a perder tudo quanto é pontapé na bola, com Ronaldo e tudo, acaba por ganhar por uns largos 3-0 à poderosa selecção do Liechtenstein. Se isto não é uma cabala, alguém faça o favor de me explicar como é que se define cabala. Então, não é que a chamada equipa das quinas ganha, precisamente, quando Ronaldo não joga?!

Anúncios

2 responses to this post.

  1. O ôme tá carregado!!! vige!!!!!!!!Tem que fazer um patuá, pra fechar o corpo, uai. Tenho algumas sugestões para a confecção:- figas de guiné- cavalos marinhos (ai, coitadinhos…snif…)- olho de lobo (só "arrancar os zóios" dos deputados.)- estrelas de Salomão- estrelas da guia- cruz de caravaca- couro de lobo(tem bastante no senado)- pêlo de lobo (idem)- Santo Antonio de Guiné- imagens de Exu e Pomba-Gira- pontos diversos, orações- sementes variadas- imãsSaravá, meu pai!!Ah, e manda ele mijar (isso mesmo, MIJAR) no "despacho" que botaram no caminho dele.É tiro e queda.

    Responder

  2. Lamento não gostar de futebol e por isso não ter nada a dizer sobre o assunto… mas obrigada pela visita ao Língua à Portuguesa! Felicidades.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: