AS PERPLEXIDADES…

Somos um país de perplexidades. E devemos estar felizes por isso, porque não há nada pior do que viver num país onde nada acontece. É o chamado “marasmo contemplativo do quotidiano medíocre”, como dizia um colega meu (não sei se ainda diz, que há muito que não o vejo).
Por alturas de Junho/Julho, os preços do petróleo subiram para preços impensáveis. Logo tudo o que era “istas” (taxistas, camionistas, logistas, etcistas) quis ver aumentados os seus benefícios: aumento de bandeirada, subsídios ao gasóleo, e por aí fora. E o consumidor viu os seus magros rendimentos a serem acometidos de tísica galopante.
O petróleo já está ao preço da uva mijona, de tal modo que os “sheiks” e outros pobretanas já querem reduzir a produção. Estão a mexer-lhes no bolso. Mas, mesmo assim, os preços vão aumentar “por causa do preço dos combustíveis”. É o pão, é a electricidade, e o que mais adiante se verá. Então essa do pão ainda é mais escandalosa: o preço dos cereais baixou cerca de 40% (quarenta por cento!!!).
Entretanto os socretinos vão assobiando alegremente para o lado, certos que estão de conseguir cavar, mais ainda, o fosso entre pobres e ricos.
Que é para isso que eles estão vocacionados.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: