O LSS E O CANCRO (I)

A internet é (devia ser!) um meio de comunicação por excelência. Ela aboliu, completamente, as fronteiras ainda existentes, e os antípodas estão à distância de um toque no botão do “rato” (vulgo clique). Dela nos podemos servir para protestar, elogiar, comprar, vender, fazer amigos virtuais… enfim, um nunca mais acabar de coisas, impensáveis há alguns anos. Mas também pode servir para dar largas à estupidez, à ignorância, à maldade, à má-língua e, de um modo geral, a tudo o que o ser humano tem de mais primitivo e reles.
Vem todo este
arrazoado a propósito de (mais) uma mensagem electrónica que, ultimamente, tem circulado no ciberespaço, e que recebi há dias. Passo a transcrevê-la:

Assunto: Alerta da Faculdade de Ciências – AVISO Data: Wed, 31 Oct 2007 12:53:11 -0000

PARA A NOSSA BOA SAÚDE!
Devem procurar o nome do composto em inglês: Sodium Laureth Sulfate.

Aos produtos abaixo identificados juntam-se o gel de banho da Sanex, os sabonetes líquidos do Carrefour e Feira Nova (produtos brancos) e o shampoo da Dove.

Verifiquem se entre os ingredientes do champoo que usam há uma substância chamada ” Lauril Sulfato de Sódio ou LSS.

Esta substância faz parte da composição da maioria dos champôs pois os fabricantes utilizam-na por ela produzir muita espuma a baixo custo. No entanto o LSS é usado para lavar chão de oficinas (é um desengordurante).

Verifiquei que o champô Vidal Sassoon não tem LSS, mas outras marcas como: VO 5, Palmolive, Paul Michell, Organics, Revlon Flex, Dimension o novo HernoKlorane champô, e muitas, muitas outras, contêm esta substância.

Ligou-se para um destes fabricantes,e foi-lhes dito que eles estavam a usar uma substância cancerígena. Eles concordaram com a afirmação, mas disseram que não podiam fazer nada pois precisavam dela para produzir espuma.

A pasta dentífrica Colgate (bubbles) também contém LSS.

Várias pesquisas têm mostrado que nos anos 80 a probabilidade de contrair cancro era de 1 em 8000 e nos anos 90 era de 1 em 3, o que é bastante grave.

Espero que tomem esta advertência com seriedade e a partilhem com as pessoas que conhecem, talvez possamos parar de “espalhar” por aí o”vírus” do cancro, evitando comprar champôs que contenham o LSS-Lauril Sulfato de Sódio, até que os seus fabricantes tomem a providência de substituir este componente por outro que não prejudique a saúde dos seus consumidores.

Por favor passem esta informação para o maior número possível de pessoas que isto não se trata de uma corrente, mas de uma preocupação com a nossa saúde.”

Faculdade de Ciências e Tecnologia

Universidade Nova de Lisboa

Dr.ª Catarina Roriz.”

Confesso que, a princípio, preocupava-me em repassar este tipo de mensagens; no
fim de contas, a Internet também pode, e deve, servir para lançar alertas e dar largas à nossa proverbial solidariedade. Só que comecei a notar muitas semelhanças nas diferentes mensagens. Principalmente, uma frase comum a todas: “Por favor passem esta mensagem para o maior número de pessoas“. Decidi parar para pensar. E, antes de a reenviar, decidi informar-me. Assim, enviei um email à DECO que, por qualquer razão (incluindo o endereço inapropriado) não respondeu. Por isso, resolvi arregaçar as mangas e investigar por conta própria. O que até nem foi difícil, nem precisei de sair de casa. Procurei na net.
E encontrei, claro.

(continua)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: